No momento de escolher o local ideal para morar, muitos fatores devem ser considerados. Imóvel, financiamento, valores, vizinhança, segurança e localização são sempre as maiores preocupações. No entanto, com a correria diária das grandes cidades, tornou-se cada vez mais importante investir também na qualidade de vida. E, nesse sentido, morar próximo aos parques de Porto Alegre é um grande benefício para a saúde em todas as idades.

Além da valorização do imóvel, morar perto de parques permite a liberdade do contato com a natureza diariamente, estimulando hábitos saudáveis e aumentando as opções de lazer. A arborização ainda garante menores temperaturas na região, e melhor qualidade do ar — condições raras em grandes centros.

Pensando nisso, separamos a seguir os 6 parques com melhores localizações em Porto Alegre para você conhecer. Confira!

1. Jardim Botânico

Localizado no bairro que também leva o seu nome, o Jardim Botânico é caracterizado pelo seu grande número de plantas, todas identificadas e catalogadas, permitindo à população aprender mais sobre elas durante a visitação.

Formado por 39 hectares cobertos por 5 mil árvores, o parque tem um arboreto que dá acesso ao Serpentário, além de lindos canteiros de flores e lagos habituados por tartarugas, peixes e cisnes. Com suas belas paisagens, não é difícil encontrar um ensaio fotográfico de grávidas e noivas durante um divertido piquenique na grama.

Também é possível aprender um pouco mais sobre a flora nativa do estado, visitando o orquidário e participando de atividades educativas ministradas pela equipe do parque. Já as coleções de plantas envasadas e medicinais têm visitação restrita a pessoas com interesse científico ou educacional, sendo necessário agendamento. A visitação está aberta de terça a domingo, com entrada paga.

2. Parque Germânia

Com 15 hectares de extensão — 6 deles sendo uma área de preservação permanente, com variadas espécies de animais e vegetais — o parque Germânia homenageia a imigração alemã em seu nome.

Localizado na zona norte e ao lado de 3 shoppings, ele é ideal para famílias com crianças e pessoas que curtem praticar esportes. Conta com quadras de futsal, basquete, vôlei, tênis e até uma cancha de bocha coberta. Já as crianças podem se divertir nas 3 opções de playgrounds.

O parque é formado também por pistas de caminhada e corrida, um recanto com lago e jardins para descanso, espaço exclusivo para cães, vagas de estacionamento e guarda municipal. Sem dúvida, é um dos lugares favoritos dos pais pela segurança e tranquilidade que transmite, já que é totalmente cercado. Seu funcionamento acontece de segunda a domingo, e a entrada é gratuita.

3. Parque Natural Municipal Saint’Hilaire

Na divisa de Viamão e Porto Alegre, o parque recebeu o seu nome em homenagem ao viajante naturalista francês Augustin François Cesar Provençal Saint’Hilaire, responsável por relatar os aspectos naturais e sociais do Rio Grande do Sul em seu livro “Viagem ao Rio Grande do Sul”, de 1820.

O parque é dividido em duas áreas: uma de preservação permanente, com 950 hectares, e outra destinada à recreação pública, com 230 hectares. Passou a ser denominado Parque Natural Municipal Saint’Hilaire ao ser enquadrado no Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza, em 2003.

Hoje ele abriga mais de 50 nascentes, destacando-se pelo fundamental papel na conservação da bacia hidrográfica. Sua vegetação é formada por mais de 161 espécies, algumas delas ameaçadas de extinção. O parque também é um ótimo lugar para conhecer a fauna, mantendo:

  • 12 espécies de mamíferos;
  • 47 espécies de répteis;
  • 14 espécies de peixes;
  • 88 espécies de aves (4 delas ameaçadas de extinção).

Sua entrada é gratuita, e além de conhecer a fauna e flora local os visitantes também pode usufruir de suas praças, campos de futebol, quadras de vôlei e quiosques com churrasqueiras, sem qualquer custo.

4. Parque Farroupilha (Redenção)

A princípio chamado de Campos da Redenção, como uma homenagem à libertação dos escravos da capital, o parque ganhou seu novo nome durante a Exposição Comemorativa do Centenário da Revolução Farroupilha, em 1935.

Tombado em 1997 como patrimônio cultural histórico paisagístico e natural de Porto Alegre, o Farroupilha é um dos parques de Porto Alegre que é famoso por suas belas paisagens, contendo recantos com amplo espaço para piqueniques em família e passeios ao ar livre. Sua arborização é formada por 10 mil árvores — entre elas, jacarandás, paineiras, pitangueiras e tipuanas — e os jardins se destacam por sua beleza e composição, como os Jardins Europeu, Alpino e Oriental.

O parque ainda abriga um orquidário, uma fonte luminosa e muitos monumentos. As crianças podem se divertir em passeios de pedalinho pelo lago e de trenzinho entre as áreas verdes.

5. Parque Moinhos de Vento

Conhecido popularmente como Parcão, o Moinhos de Vento é ideal para passeios culturais com crianças pequenas e idosos por conta de sua ampla área verde e espaços com sombras. Também abriga a Biblioteca Ecológica Infantil Maria Dinorah, com mais de 2 mil títulos de literatura infanto-juvenil e ecológica, além de jogos educativos.

Com opções de lazer para quem prefere exercícios, o parque dispõe de aparelhos de ginástica, áreas para jogging, patinação, tênis, futebol e vôlei. O público infantil ainda têm uma diferente área de recreação, equipada com brinquedos artesanais, feitos de toras de eucalipto.

Para ainda melhorar o visual do parque, compõe o cenário uma réplica de um moinho de vento açoriano — que remete aos que existiam na cidade em seus primórdios —, assim como um lago artificial habitado por gansos, marrecos, peixes e tartarugas.

6. Parque Marinha do Brasil

Situado entre as vias que ligam o centro e a zona sul de Porto Alegre, esse parque é formado por 70 hectares, como uma estrutura essencialmente voltada à prática esportiva. Dispondo de quadras para a vôlei, basquete, futsal, tênis e atletismo, o local ainda tem pistas para ciclismo, patinação, skate, vestiários e aparelhos de ginástica — ideal para toda a família.

Por estar às margens do lago Guaíba, ele também conta com um espaço com tartarugas e grande diversidade de aves. E há quem diga que é o melhor lugar para apreciar o mais belo pôr do sol da capital!

Enfim, estes são os 6 melhores parques de Porto Alegre. Agora, quando for escolher onde morar, lembre-se de que viver próximo a ambientes arborizados, que proporcionem atividades ao ar livre e contato com a natureza, podem melhorar sua qualidade de vida, bem-estar e saúde.

Gostou deste post? Então, que tal curtir nossa página no Facebook para ver os próximos conteúdos no seu feed de notícias?