No momento de comprar um imóvel, saber se a segurança de bairro é eficaz é um dos principais pontos a se observar. Com o alto índice de criminalidade no país, principalmente em grandes centros, esquecer-se de verificar se a região onde você está comprando um imóvel é segura pode trazer transtornos futuros para você e sua família.

Por isso, separamos alguns fatores que precisam ser analisados para se certificar de que o ambiente escolhido para sua casa permitirá que você e sua família tenham além de segurança, tranquilidade e sossego. Continue conosco para acompanhar.  

Visite o bairro em dias e horários alternados

Um grande erro ao comprar o imóvel é se deixar levar pela empolgação e fechar o negócio depois de tê-lo visitado apenas uma vez. É necessário dar a devida importância à compra que você fará, sendo cauteloso e visitando a região inúmeras vezes.

Busque horários distintos e datas diferentes, certifique-se de conhecer o bairro nos horários comerciais e também aos finais de semana. Muitas vezes, uma vizinhança movimentada se torna um verdadeiro deserto assim que o comércio se fecha.

Observe também fluxo de pessoas, qualidade de iluminação, presença de estabelecimentos noturnos, e outras causas que podem afetar as atividades diárias e os momentos de descanso.

Prefira uma região com comércio nas proximidades

Um forte indicador de que o bairro é seguro é a presença de uma rede de comércio ampla e duradoura. Isso deve-se ao fato de que muitas dessas lojas continuam a atender no período noturno, em alguns casos até 24 horas (academias, hospitais, farmácias, postos de combustível).

A movimentação de pessoas nos estabelecimentos contribui para a vigilância do local, além dos sistemas de monitoramento utilizados por muitas, o que ajuda a inibir a presença de vândalos e criminosos.

Converse com os moradores e comerciantes locais

Outra forma de avaliar a segurança do bairro é conversando com os futuros vizinhos. Os moradores e comerciantes locais são as pessoas mais indicadas para informar sobre a realidade dos arredores.

Durante suas visitas à região, procure falar com os moradores que residem no bairro há mais tempo, e também com os proprietários e trabalhadores dos comércios locais. Essas são as pessoas mais informadas em relação a tudo que acontece na região. Assim, você poderá ter diferentes percepções sobre o ambiente.

Informe-se sobre problemas estruturais, criminalidade e outras formas de violência (furtos, acidentes, brigas, preconceito, vandalismo), movimentação noturna, espaços de lazer, e coisas do tipo. Se possível, converse com porteiros, guardas municipais, e profissionais de vigilância, pois eles podem ter mais informações sobre as atividades criminosas.

Informe-se sobre o transporte público

Mesmo que você não faça uso de transporte público no dia a dia, é importante saber se o bairro escolhido para sua futura residência é bem atendida nessa questão. Esse aspecto influencia o trânsito da região e a rotina dos que trabalham perto do imóvel.

Ele pode intervir na movimentação dos transeuntes nas ruas, deixando-as vazias, especialmente no período noturno, caso não haja locomoção. Pesquise paradas de ônibus e estações de metrô, assim como o estado de conservação delas, as linhas que os transportes atendem e o fluxo de pessoas em cada uma delas, isso pode refletir na sua rotina e segurança ao sair de casa em horário de menor movimento.

Avalie a infraestrutura e a utilidade pública

A infraestrutura de uma região segura requer construções que possam prevenir enchentes, alagamentos e desabamentos. A limpeza e coleta de lixo é algo a ser levado em consideração, tal como o cuidado com terrenos baldios, praças, iluminação, monumentos, calçadas e também com a vegetação.

Outro critério importante é a distância de locais necessários no dia a dia e em situações de urgência como postos de saúde, hospitais, escolas, principalmente em grandes centros. Um bairro considerado protegido deve estar a não mais que 15 minutos de distância de qualquer atendimento emergencial.

Pense na segurança além da criminalidade

Além da criminalidade, existem outros fatores de segurança que você precisa avaliar antes da compra do imóvel. Alguns já citamos acima, são eles: possibilidade de enchentes, alagamentos e desabamentos.

Informe-se sobre a estrutura de esgoto do bairro, observe os mecanismos de escoamento de água (boca de lobo), presença de fios de alta-tensão descascados e sem manutenção e outros aspectos que podem colocar a sua segurança e de sua família em risco.

Busque informações na internet

A internet é uma grande aliada no momento de procurar informações sobre um imóvel para investir. Se fizer uma busca adequada, você pode encontrar variados tipos de informações a respeito da criminalidade em determinada região.

Realize pesquisas para verificar quais são os tipos de notícias relacionadas ao local em que você pretende morar. Acesse o site da prefeitura para obter dados úteis e verificar as facilidades da região como opções de lazer, hospitais, delegacias e outras.

Fique atento para a assistência à população

Um bairro seguro é também aquele assistido pelos órgãos públicos. Regiões em que o patrulhamento policial é frequente, assim como coleta de lixo, arborização (com manutenção em dia), cuidados com iluminação pública e recapeamento asfáltico.

Acessibilidade e infraestrutura para lazer de crianças e idosos também são elementos importantes que precisam ser avaliados. Mesmo que no momento você não faça uso deles, é preciso pensar no futuro.

Considere investir em segurança

Fora as condições citadas anteriormente, você pode proteger sua família tornando seu lar um ambiente tranquilo e seguro por meio de outras possibilidades, como escolher uma casa ou apartamento em condomínio fechado.

Eles contam com vigilância 24 horas, controle de pessoas que têm acesso à entrada, câmeras e monitoramento eletrônico, tudo isso para zelar pela segurança e bem-estar dos moradores.

Decidir o lugar no qual você investirá merece atenção redobrada e planejamento. Agora que você já sabe quais aspectos avaliar para viver onde a segurança de bairro é efetiva, siga nossas recomendações e lembre-se de que esse investimento trará estabilidade financeira e qualidade de vida para você e sua família.

Gostou dessas informações? Então aproveite para assinar nossa newsletter e ficar por dentro dos melhores conteúdos sobre imóveis e moradia!